Você já sabe disso, mas vale a pena reforçar: seu conteúdo aqui na DINO sempre será noticioso. Ainda assim, isso pode gerar desconfortos ao pensar em como inserir estratégias de SEO - geralmente aplicadas em blogposts.

Pensando nisso, conversamos com o especialista Alison Moraes, responsável pelas ações de Marketing Digital do Grupo Comunique-se, e reunimos dicas valiosas para aplicação das estratégias do início ao fim de sua notícia.

Lembre-se: antes de tudo, defina seu público-alvo e quais as palavras-chave de seu conteúdo. É crucial que o texto tenha entre 3 e 5 expressões-chave, ok? Isso influencia diretamente nos resultados.

Acompanhe, abaixo, como aplicar estratégias básicas de SEO em cada etapa de seu conteúdo.

Título:

Utilize expressões-chave como alternativa ao nome do produto ou marca.

Como sabe, não permitimos que o nome da empresa, produto ou pessoa conste no título e, como estratégia, vale muito mais a pena utilizar uma expressão de destaque.

Por exemplo: “Divulgador de notícias destaca cinco ferramentas para o home office de agências de comunicação

Veja que há duas expressões essenciais para nossos resultados: o que somos (divulgador de notícias) e nosso público-alvo no conteúdo (agências de comunicação).

Resumo (linha fina):

Por ser um espaço de destaque em seu texto, é fundamental que, além de sua marca, utilize as expressões no resumo. Mescle informações de forma sutil e capriche no desenvolvimento. Veja este exemplo:

Seguindo recomendação da OMS, autoridades do Brasil e do mundo estabeleceram medidas de isolamento social que mudaram, inclusive, a rotina de profissionais de marketing e comunicação. Pensando nisso, a equipe de marketing da DINO destacou opções que podem agregar em produtividade e organização para uma equipe.”

Além de dados atuais, o resumo inclui as expressões relacionadas ao público-alvo e o nome da empresa.

Texto:

Seu texto deve iniciar com dados de mercado, contextualizando o leitor acerca do conteúdo abordado na matéria. Se possível, utilize ao menos uma das expressões-chave no início de seu texto.

Confira o exemplo na introdução do texto Segundo dados, SEO é estratégia adotada por 69,3% das empresas, publicado pela DINO:

“As mil faces dos espaços digitais e alternativas para o consumidor de hoje em dia chamaram a atenção das empresas para a importância da visibilidade online. Por isso mesmo, o SEO (Search Engine Optimization) tem sido uma das ferramentas utilizadas por empreendedores para ter destaque em um enorme celeiro virtual como o Google, que recebe mais de 100 bilhões de buscas por mês, segundo pesquisa do Mashable, do ano de 2015.”

O texto aborda a importância da visibilidade online gerada através das estratégias de SEO, confirmadas, em seguida, por dados de mercado.

Subtítulos:

O uso de subtítulos, além de facilitar a leitura e organização de seu texto, contribui muito com as estratégias de marketing.

Você pode utilizar as palavras-chave para direcionar a leitura e trabalhar melhor cada tema, engajando seu público e facilitando o entendimento. O ideal é que seja uma leitura fluida, então evite termos muito técnicos, extensos e escritos em 1ª pessoa.

Seu texto deve ter, ao menos, dois links relacionados - um deles direcionado a um conteúdo do blog (se houver) e outro direcionado a uma pesquisa de mercado.

É interessante que, a cada 300 palavras, tenha ao menos um link. De todo modo, o redator deve trabalhar isso da forma que mais fizer sentido com seu planejamento.

O que precisa ser evitado de cara é inserir hiperlinks na palavra-chave do texto. Por exemplo, se a palavra-chave é assessorias de imprensa, o link não deve ser incluído nela, veja: “a ferramenta, já conhecida por assessorias de imprensa, passa a ser utilizada...”

É fundamental que os conteúdos relacionados nos links tenham relação direta com a notícia produzida.

Imagem:

Ao realizar o upload da imagem na plataforma, automaticamente serão exibidos espaços específicos para inserir as informações sobre o arquivo. É essencial que o texto alternativo (texto alt) tenha a palavra-chave inserida.

Outra dica importante é que o arquivo salvo no computador também contenha a palavra-chave. A orientação é: pare de salvar a imagem com nomes genéricos.

Se as palavra-chaves são "divulgador de notícias" e “assessoria de imprensa", o arquivo deve ser salvo no computador como: divulgador_de_noticias_para_assessoria_de_imprensa.

Dica extra:

Todas as dicas devem ser trabalhadas junto a uma estratégia, ok? Não é recomendado repetir a palavra-chave no texto inteiro. É importante trabalhar variações do termo, pois o Google compreende a linguagem variável - o que contribui expressivamente na experiência do usuário.

Encontrou sua resposta?